Helloween no Brasil

Fotos: Bruno Sessa

A tão esperada “Pumpkins United Tour” finalmente desembarcou no Brasil, para alegria de todos aqueles que aguardavam ansiosamente para ver uma das reuniões mais aguardada do Metal, a do Helloween.

Tour que contou com Michael Kiske, dividindo os vocais com Andi Deris, Kai Hansen, Sascha Gerstner, Michael Weikath, Markus Grosskopf e Dani Loeble, agitou os fãs do mais puro metal melódico durante sua passagem pelo Brasil. Fãs estes que já guardavam seus ingressos desde o final do ano passado, quando as vendas se iniciaram para os shows de São Paulo, imediatamente se esgotaram.

Uma tour mágica para todos os fãs, que puderam curtir um pouco de cada fase desta banda que, a mais de 30 anos, vem conquistando cada vez mais fãs. Mesmo com os problemas técnicos, não tiraram o brilho do que foram estes três shows.

 

Por Evanil Júnior e Andréa Borin | Fotos Bruno Sessa

 

São Paulo – 28 de 29 de Outubro

A tour no Brasil começou por São Paulo, com um Espaço das Américas lotado para acompanhar o este show.

Havia uma expectativa muito grande nos dois dias de shows em São Paulo. Primeiro, pela polêmica sobre o vocalista Michael Kiske, que teria usado playback em um dos shows, no qual foi esclarecido por Kai Hansen e Michael Weikath posteriormente. Segundo, por serem shows que fariam parte da gravação da tour para o próximo DVD a ser lançado pelo Helloween.

Um pouco antes do início do show, Juninho Carelli, tecladista da banda Noturnall e responsável pela direção do clipe, com sua empresa Foggy Filmes, deu algumas instruções ao público e fez algumas captações para serem utilizadas posteriormente.

É finalmente a tão sonhada hora chegou. Antes do início, a música “Let Me Entertain You”  do Robbin Williams rolava. Era o anúncio do brilhante show que iria começar. Logo em seguida, é ouvida a introdução de “Halloween”, música do álbum “Keepers of the Seven Keys Part I”, no qual foi cantada em vocal dividido entre Kiske e Deris. Foram 13 minutos de encantamento por parte dos fãs que já não seguravam a ansiedade. Ela foi imediatamente seguida por “Dr. Stein”, deixando o clima mais animado.

Na sequência, Michael Kiske e Andi Deris apresentam ao público Doc e Seth, os mascotes desta tour que apareceriam em vídeo antes de algumas músicas.

Como eu disse, apareceriam. Pela quinta música, “Are You Metal?”, o telão do fundo do palco teve uma problema e parte dele se apaga. Apesar de toda a tentativa de colocar ele de volta em funcionamento, acabou sendo deixado de lado, o que criou uma interação muito maior da banda com o público.

Domingo, dia 29. O mesmo roteiro, mesmo set list, porém com diferentes problemas. O telão funcionou perfeitamente desta vez, no entanto, durante o medley das músicas do álbum “Walls of Jericho”, cantadas por Kai Hansen, o PA da casa deixou de funcionar. Os músicos em si não perceberam de imediato e seguiram tocando com o auxílio do coro de vozes dos fãs que não deixaram de cantar, mesmo sem ouvir o que vinha do palco. Até que em um momento, avisaram a banda do problema que ocorria.

Problemas solucionados, o show continuou. Nenhum deles tirou a empolgação e alegria de todos aqueles que estavam acompanhando esta grande apresentação.

Podemos citar como momentos marcantes deste show as músicas cantadas por Michael Kiske. De seu tempo de Helloween, foram canatadas “Rise and Fall” e a esperadíssima “Eagle Fly Free”. Há anos muitos sonhavam em ver esta música cantada pela voz de Kiske.

Houve alguns duetos entre Deris e Kiske que foram muito além do que os fãs esperavam. Kiske cantando algumas músicas da fase Andi Deris, como “Why?” e “Forever and One (Neveland)” que, com certeza, fez muito marmanjo derramar lágrimas. Ainda houve uma homenagem a Ingo Schwichtenberg durante o solo de bateria.

Quem foi ao Espaço das Américas saiu sem acreditar no que viu e sem sentir as 2h40 de show passando e terminando com uma chuva de papel picados. Esses dois shows ficaram para sempre a história do metal.

Set List:

1 – Halloween

2 – Dr. Stein

3 – I’m Alive

4 – If I Could Fly

5 – Are You Metal?

6 – Rise and Fall

7 – Waiting for the Thunder

8 – Perfect Gentleman

9 – Starlight / Ride the Sky / Judas / Heavy Metal (Is the Law)

10 – Forever and One (Neverland)

11 – A Tale That Wasn’t Right

12 – I Can

13 – Drum Solo (com Ingo no dia 29).

14 – Livin’Ain’t no Crime / A Little Time

15 – Why?

16 – Sole Survivor

17 – Power

18 – How Many Tears (Com 3 vozes)

Bis 1

19 – Invitation / Eagle Fly Free

20 – Keeper of the Seven Keys

Bis 2

21 – Future World

22 – I Want Out

 

Porto Alegre – Pepsi on Stage – 31 de Outubro

Sem a obrigação da gravação do DVD, o Helloween fez um show mais solto e descontraído para as mais de 4 mil pessoas que lotaram o Pepsi on Stage.

Começando pontualmente às 9 da noite, a banda seguiu basicamente o roteiro dos shows anteriores: Com Robbin Willians dando o sinal e iniciando com “Halloween”.

Neste show tivemos uma surpresa em relação aos shows realizados em São Paulo. Fomos apresentados a Doc e Seth, porém estes não voltaram mais a aparecer durante o resto da apresentação. Além de duas mudanças no set list. A entrada de “Kids of the Century “cantada por Michael Kiske no lugar de “Rise and Fall” e “Where the Sinners Go” substituindo “Waiting for the Thunder”, com Andi Deris.

O restante do show seguiu o mesmo roteiro, mostrando ainda mais o entrosamento de toda a banda, especialmente de Michael Kiske e Andi Deris, que com certeza contribuiu para o excelente andamento do show.

Como em São Paulo, as bexigas em forma de abóboras e a chuva de papel picado deram fim ao show e, em Porto Alegre, também anunciando o fim da parte brasileira da Pumpkins United Tour. Um tour que será lembrada para sempre. Foi uma reunião que esperamos tanto e que não acabe em palavras.

Set List

1 – Halloween

2 – Dr. Stein

3 – I’m Alive

4 – If I Could Fly

5 – Are You Metal?

6 – Kids of the Century

7 – Where the Sinners Go

8 – Perfect Gentleman

9 – Starlight / Ride the Sky / Judas / Heavy Metal (Is the Law)

10 – Forever and One (Neverland)

11 – A Tale That Wasn’t Right

12 – I Can

13 – Drum Solo (com Ingo no dia 29).

14 – Livin’Ain’t no Crime / A Little Time

15 – Why?

16 – Sole Survivor

17 – Power

18 – How Many Tears (Com 3 vozes)

Bis 1

19 – Invitation / Eagle Fly Free

20 – Keeper of the Seven Keys

Bis 2

21 – Future World

22 – I Want Out

 

Leave a Comment